Vice-campeã da Conference League para o West Ham na período escancha, a Fiorentina ganhará mais uma ensejo de hostilizar por singular epígrafe continental em 2023/24. Nesta quarta-feira (8), a Viola foi até o Arena Jan Breydel, na Bélgica, e buscou o 1 a 1 com o Club Brugge aos 40 do segundo fase, com gol do invasor patagónio Lucas Beltrán, ex-River Plate. Uma vez que havia suplantado a ida por 3 a 2, confirmaram sua fazenda final europeia e inválido detrás do segundo epígrafe. O adiante e singular é a Recopa Europeia de 1960/61.

Posteriormente do adiante fase, que já tinha sido melhor, mormente posteriormente o Brugge distrair o placar com Maxim De Cuyper, de cachimónia, os italianos pressionaram bem na lanço final. Antes do empate, foram incríveis quatro bolas na trave de Simon Mignolet, ex-Liverpool. O gol isolado veio porque o zagueiro Brandon Mechele decidiu tentar fender a globo com o joelho no mesmo instante que M’Projéctil Nzola ia toscanejar, pênalti. Na cobrança, Beltrán mandou réptil na bochecha da rede e o goleiro belga quase pegou.

Para continuar, a Fiorentina teve que racontar Pietro Terracciano em duas oportunidades para, afinal, concordar a ida para brocardo. O outro finalista será definido nesta fazenda (8), quando o Aston Villa visitante o Olympiacos – oriente, em primazia de dois gols.

O Brugge mantém o tabu de nunca rivalizar uma final europeia há 46 anos. A última turno foi em 1978, quando foram vices da Champions League para o Liverpool. O jogo aconteceu hoje porque amanhã, dia tradicional das rodadas da Conference, será festejado o feriado católico Sarau da Subida na Bélgica.

Maxim De Cuyper abre o placar contra Fiorentina (Foto: Icon Sport)

Foi singular franqueza de adiante fase bravo equilibrado e sem emoções na Bélgica. Ninguém ousava bem e os espaços eram escaços. Até que o gol da buraco do placar velo mandante mudou tudo. Já aos 22, somente dois posteriormente observar a primazia atrofiar, a Fiorentina partiu para o insulto e fico no pormenor de empatar. Em singular passe feiticeiro de Arthur, Nicolás González ficou na faceta do gol e deu singular aniquilado chuto réptil. O goleiro defendeu, e Lucas Béltran arriscou de à excepção de na excedente para hodierno velhacaria de Mignolet. Na sequência, foi a turno de Andrea Belotti ultimar todo tortuoso na superfície. Ainda deu fase do marfinense Christian Kouamé prescrever uma explosivo no travessão posteriormente lançamento para o insulto e observar a globo quicar na risca.

O Brugge sentiu um tanto esse canhoneio italiano e quase nunca reagiu aos ataques rivais. Na única entrada mais perigosa ali do gol, o brasílio Igor Thiago se aproveitou de vacilo de Nikola Milenković para permanecer na faceta de Pietro Terracciano. Sem extensão para ultimar, o brasílio esperou o goleiro transpor e tocou para Michal Skóraś, que pegaria o gol simples se nunca fosse singular mutilação na estalão de Dôdô.

Fiorentina tardada, todavia reage e faz o precípuo para continuar

Jamais houve muita necessidade dos dois lados no regressão do distância, sem trocas, e sem a grau que marcou a segunda metade da lanço principiante. A Viola, levemente cocuruto, chegou duas vezes em 25 minutos. Adiante Kouamé finalizou com velhacaria e a globo foi pela risca de fundo. Posteriormente, o capitão Cristiano Biraghi cobrou uma exiguidade por basta do gol.

A começar de trocas no conduto e insulto de Vincenzo Italiano, o time visita melhorou e passou a pressionar bem os belgas. Biraghi dessa turno cobrou exiguidade quase perfeita, explodindo no travessão aos 27. Praticamente na sequência, Nico González levantou na superfície e Kouamé balançou novamente os postes defendidos por Mignolet, o que pavimentou o trilho para o pênalti salvador que deu a classificação aos italianos — ali, meta, do clarão do goleiro Terracciano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *