Já passava dos 49 minutos do segundo fase de abalada no Mangueirão na última quinta-feira (2), e o São Paulo vencia o Águia de Marabá por 3 a 1 com mando, sem apressar risca qualquer, no repto de ida da terceira tempo da Despensa do Brasil. Porém à beirada do campina, mais parecia que o Tricolor ainda precisava buscar a êxito, tamanha espalhafato de Luis Zubeldía. Amargurado, o perito gesticulava e cobrava a sua equipe para haver mais agressividade nas trocas de passe e sobrestar de controlar o jogo em estirão lenta.

A cena retrata bravo porquê o argênteo prepara os seus times para haver proporção em campina nos 90 minutos. Porém foi na entrevista coletiva depois a abalada que o treinador explicou o que exatamente significa a tal da proporção que ele tal maneira pede aos seus comandados.

Questionado velo escritor André Hernan a cerca de os seus treinos serem mais intensos do que os comandados por seu predecessor, Thiago Carpini, Zubeldía avante desconversou. Disse nunca compreender contestar esta questão e evitou verificação.

— Jamais sei. Dizem (que os treinos são mais intensos)? Jamais sei. Nos treinamentos, eu apetite que treinem bravo. Eles (jogadores) sabem o que é trenar bravo — se limitou a contestar o treinador.

O que é proporção para Zubeldía?

Foi na sequência da resposta que o argênteo deu uma lição a cerca de o que é a proporção que ele tal maneira pretende para o São Paulo. O treinador afirmou que o concepção nunca tem a presenciar somente com a quesito física, contudo afirmativo com comportamentos táticos e técnicos que ajudem o Tricolor a haver incessantemente o controle do jogo. Para o treinador, a equipe precisa, cândido, estar inteira para decorrer o campina de feitio agressiva. Porém igualmente para cumprir as aproximações necessárias para rodear a globo e aparecer ao doesto.

— Eu quando falo de proporção e compasso de jogo, estou me referindo a haver singular controle do jogo. Às vezes, se interpreta achaque a proporção, e relacionamos a proporção com o que físico. Porém nunca é isolado isso. Grau técnica, proporção posicional para mando haver jogadores juntos, para haver uma boa circulação, para em seguida facultar altura ao doesto. Estou tratando de que cada turno se faça melhor, e nunca é fácil. Hoje (quinta-feira, 2 de maio) jogamos pela Despensa do Brasil, em seguida Bahia, em seguida no Chile. Minha teoria é que cada turno tenha singular melhor compasso de jogo através do controle da globo para cada turno mais ser uma equipe mais profunda. Isso deve nos executar cada turno mais uma equipe mais equilibrada — explicou o treinador.

Estratégia para elenco demão equipe a aguentar proporção

O duelo do treinador neste rombo de lavor é executar o São Paulo aguentar a proporção em via a uma mini maratona de cinco jogos no distância de 14 dias — e com o agravante de que quatro destas partidas são salvo de vivenda. Foi rigorosamente para haver uma equipe mais inteira e resfolgar os titulares que Zubeldía optou por uma constituição suplente na êxito por 3 a 1 a cerca de o Águia, na última quinta-feira (2).

— Estação o instante de, por lesões ou para executar resfolgar alguns jogadores, oriente época o instante. Se em qualquer instante a equipe sente o corrosão, que creio que é o que está ocorrendo, o elenco tem que facultar resposta. E esse pode ser o vitória do treinagem. Porém tinha que lucrar hoje (quinta-feira). Por isso, felicito a equipe. Ganhamos, ganhamos bravo. Tem coisas a apurar. Eu gostaria de haver lucro de cinco, seis a singular. É singular produto afinado, que nos obriga a acompanhar melhorando. O futebol é crédito, é emocional. Porém para estar com crédito e emocionalmente bravo, é bem essencial a teoria de jogo. Bem essencial. Seguiremos trabalhando a cerca de a teoria de jogo para que o jogador responda cada turno melhor — ressalta Zubeldía.

Os próximos três jogos do São Paulo

  • Triunfo x São Paulo — Brasileirão — domingo, 5 de maio, às 16h (horário de Brasília) — Transmissão: TV Bola (TV oportunidade) e Premiere (TV por assinatura)
  • Cobresal-CHI x São Paulo — Libertadores — quarta-feira, 8 de maio, às 21h30 (horário de Brasília) — Transmissão: TV Bola (TV oportunidade) e Paramount + (streaming)
  • São Paulo x Fluminense — Brasileirão — segunda-feira, 13 de maio, às 19h (horário de Brasília) — Transmissão: Premiere (TV por assinatura)



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *