O Corinthians teve mais duas baixas no elenco antes de jornadear para defrontar o América-RN, pela terceira temporada da Despensa do Brasil, nesta quarta-feira, dia 1º de maio, em Natal, às 20h (horário de Brasília). Yuri Alberto e Pedro Henrique se juntaram a outros seis nomes no departamento galeno com problemas musculares. E a leva de lesões tem uma áspero rol com o instante psicológico que o sociedade enfrenta, de crise política e subida cobrança em planura.

Segundo apurou a Trivela, a percentagem de António Oliveira faz singular empenho extra para controlar a porção emocional de seu plantel. A prestígio das situações extra-campo, lá da sequência maléfico de resultados, pesou bastante no desempenho dos jogadores. Com isso, a azáfama nas tomadas de decisões ao comprido das partidas tem custado custoso. E foi o que aconteceu com Pedro Henrique, por exemplo.

Na êxito a cerca de o Fluminense por 3 a 0, no derradeiro domingo (28), o agressor precisou ser demudado então aos 6 minutos da primeira lanço. O desportista, que foi ao jogo com bandagens elásticas no lugar na coxa esquerda, estava se sentindo apoiado, sem dores, todavia cometeu erros durante as corridas em fugacidade no gramado, segundo avaliações.

Na segunda-feira, posteriormente exames, ele foi diagnosticado com uma úlcera no músculo ulterior da coxa esquerda e deve desfalcar o Timão por até quatro semanas.

Já Yuri Alberto, que havia exercitado normalmente ao comprido de toda a semana, apresentou uma tendinite no bíceps femural da perna esquerda e foi desagregado antes da abalada. A equimose, causada por singular arrumação inflamatório pela reduplicação do deslocação de flexão e amplificação do joelho, pode levar até seis semanas para a reconquista totalidade, mormente pela miséria de ócio.

Com as duas novas baixas, o Timão vai à fundamental do Rio Espaçoso do Setentrião sem oito peças do elenco.

Corinthians nunca vai preservar jogadores

Por mais que o almanaque do futebol brasílio seja intensivo, fadigoso e até verdugo com os atletas, o Corinthians nunca pode se doar ao sumptuosidade de poupá-los. Isso porque o instante conturbado nos bastidores aumenta a pressão por resultados. Inclusive, a sequência moderno de três derrotas consecutivas chegou apoiar o nome de António Oliveira debaixo de impugnação.

Sendo assim, nunca há período para largar titulares no banco de reservas, a menos que seja extremamente forçoso. Neste quadro, a percentagem técnica aumentou os esforços em estudo de desempenho, a intuito de mapear os riscos de novas lesões. As áreas analisam facto a facto os jogadores, controlando os minutos de cada singular em planura. Em compêndio, a equipe pode assumir tais riscos com mais dever.

Quais jogadores do Corinthians estão lesionados?

  • Gustavo Henrique (zagueiro) — reconquista de efeminado;
  • Diego Palacios (lateral) — em delegação;
  • Igor Coronado (meia) — compaixão no ilharga puro posteriormente traumatismo na última abalada;
  • Maycon (meia) — ruptura do filamento cruzado anterior do joelho puro;
  • Ruan Oliveira (meia) — artroscopia no joelho esquerdino;
  • Gabriel Moscardo (volante) — cirurgia no calcante;
  • Yuri Alberto (agressor) — tendinite de bíceps femural da perna esquerda;
  • Pedro Henrique (agressor) — úlcera no músculo ulterior da coxa esquerda.

Próximos jogos do Corinthians

  • América-RN x Corinthians — terceira temporada da Despensa do Brasil — Estádio das Dunas — quarta-feira, 1 de maio, 20h (horário de Brasília).
  • Corinthians x Castelo — 5ª rodada do Campeonato Brasílio — Neo Química Estádio — sábado, 4 de maio, às 16h (horário de Brasília).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *