A guião do Grêmio para o Bahia, por 1 a 0, no derradeiro sábado (27), está dando o que exprimir. Porém nunca lã que aconteceu anexo das quatro linhas. Aos 46 minutos do segundo fase, em seguida Diego Costa recepcionar cartão encarnado por impugnação, o especialista Renato Portaluppi mandou todos os jogadores que estavam no banco de reservas do Tricolor Gaúcho saírem, adstrito com ele, para o vestiário.

Na entrevista coletiva em seguida o jogo, Renato revelou que sua atitude, da qual nunca se arrepende, foi pela configuração uma vez que aconteceu a expulsão de Diego Costa. Ela foi ordenada por Jailson Macedo Freitas, presidente da percentagem de arbitragem da Associação Baiana de Futebol, que estava na margem do gramado.

— Eu tirei o time para nunca ser exceptuado e para que ninguém mais fosse exceptuado. O amo Jailson Macedo Freitas é o diretor de arbitragem da Associação Baiana. Ele estava onde nunca poderia estar, do flanco do sala perito. O sala perito nunca viu zero, foi ele (Jailson) que diz que viu o Diego exprimir um tanto. Ele estava num sítio onde nem poderia estar, e o Diego nunca falou absolutamente zero. Aí você quer que eu deixe meus jogadores para serem expulsos, ou eu mesmo ser exceptuado? Aí nunca dá — justificou Renato.

Inicialmente, Jailson Macedo Freitas estava escalado uma vez que ‘assistente’ de arbitragem da saída entre Bahia e Grêmio. No preâmbulo da aurora de domingo (28), em seguida o fim do jogo, a CBF alterou a incumbência para ‘mandatário’, o que o autorizaria a estar na margem do planura.

Grêmio e ANAF ingressam com ações no STJD

Na esteira da treita de Renato, o Grêmio comunicou na manhã desta segunda-feira (29) que, fundamentado no item 74 do Código Brasílio de Isenção Desportiva, ingressará “com ‘informação de infração disciplinar desportiva’ (NIDD) no STJD, para que os fatos sejam devidamente apurados pela procuradoria do órgão e, em seguida a perquirição, as medidas cabíveis sejam tomadas”.

Quem igualmente se manifestou, e tomará atitude, é a Agregação Vernáculo dos Árbitros de Futebol (ANAF). Em nota solene divulgada na manhã desta segunda-feira (29), o presidente Cântico Valentim revelou que a entidade entrará com ação no STJD solicitando o desterro de Jailson Macedo de Freitas do futebol. Igualmente afirmou que o incidente dá vazão às denúncias de John Textor, proprietário da SAF do Botafogo, acerca de suposta manipulação de resultados no Campeonato Brasílio.

Nota solene da ANAF

O que ocorreu no derradeiro sábado, dia 27, na Estádio Manancial Novidade, em Salvador, foi singular trajo EXTREMAMENTE GRAVE que coloca mais uma turno a arbitragem brasileira em xeque. Sem permissão para estar no planura de jogo na saída válida pela Encadeamento A do Brasileirão, entre Bahia x Grêmio, o diretor de árbitros da Associação Baiana de Futebol, Jailson Macedo Freitas, que acumula o incumbência de assistente/comentador/mandatário da CBF, informou de configuração desonesta, ao sala perito, Fernando Antonio Mendes de Salles Início Rebento, do condição do Pará, que o desportista gremista Diego Costa deveria ser exceptuado. Isso excepto cortar as regras do jogo serve uma vez que suporte para que o Grêmio entre com singular rogo de derrogação da saída, expondo ainda mais nossa estrato. Depois a ação, flagrada pelas câmeras, o desportista foi exceptuado gerando uma revolta no especialista Renato Gaúcho que pediu que toda a sua percentagem técnica e os atletas reservas do junta deixassem o banco e se deslocassem para o vestiário. A interferência externa de Jailson Freitas nos estimula crer que o presidente da SAF do Botafogo, John Textor, pode haver causa nas afirmações que fez a cerca de manipulação de produto no campeonato brasiliano, um pouco que enterra de uma turno por todas a falida governo de Ednaldo Rodrigues, e do despreparado, Wilson Seneme, na CBF, por baixo de elevação de singular rogo público de desculpas ao americano acontecimento as denúncias sejam confirmadas. Por isso, a ANAF entrará hoje com uma ação no Cume Judicatura de Isenção Desportiva – STJD, pedindo o desterro vizinho de Jailson Freitas do futebol, tendo em paisagem nunca isolado o trajo gravíssimo em pintura, uma vez que igualmente para salvaguardar a arbitragem brasileira que precisa tornar a ofertar e haver bons exemplos.”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *