Neste sábado (27), o PSG pode caucionar mais uno epígrafe da Ligue 1, o que seria o 12º em sua conto. Para isso, os parisienses precisam abafar o Le Havre, no Parc des Princes, pela 31ª rodada do campeonato. Se isso sobrevir, Luis Enrique e companhia seguiriam com a chance de encerrar a fase com a Tergémino Grinalda – o que seria uma baita despedida para Kylian Mbappé.

Convencionado em 2017, o agressor se tornou uno dos melhores jogadores do globo com a camisa do Paris Saint-Germain. Entrementes, o tálamo com os parisienses já tem uma data para rematar: junho deste ano. Isso porque o planeta galicismo nunca acionou a item de seu conformidade que permitia a reforma até meados de 2025 e decidiu ir embora no final desta fase. A predisposição é que Mbappé assine com o Genuíno Madrid.

Em via a esse cenário, a questão que fica é: porquê o PSG vai se trespassar sem o agressor, que de distanciado é a largo menção técnica da equipe? Humano, se depender do profissional, 2024/25 vai ser ainda melhor sem o craque galicismo. Em coletiva, Luis Enrique fez uma vaticínio para além de positivo no PSG sem Kylian Mbappé. E o castelhano tem uma justificação:

– Fomos melhores em fevereiro do que no final da período de grupos (da Champions League). Eu disse em dezembro que em fevereiro estaríamos melhores. A equipe continuou melhorando. São ciclos. A equipe ainda está em construção. No imediato ano, seremos mais fortes do que neste ano. Essa é a minha recado, minha sonho e meu sede. Conversar uma teoria e valores para litigar. Em minha bibiografia, nunca consegui tudo o que queria, na maioria das vezes fiquei inferior. Isso nunca significa que eu tenha fracassado

PSG será melhor sem Mbappé?

A começar de a entrada de Mbappé, o PSG continua sua preponderância na França. Ao todo, o agressor conquistou cinco títulos da Ligue 1, três da Despensa da França, dois da Despensa da Amálgama Francesa e três da Supercopa da França. É realidade que o craque nunca jogou sozinho, até porque ele dividiu a dever com Neymar até a última fase, à excepção de haver tido a companhia de Lionel Messi por dois anos.

A única captura que carência para Kylian Mbappé nos parisienses é a Amálgama dos Campeões. Curiosamente, no ano em que o planeta brasílio e o gênio argênteo foram embora, o PSG é uno dos favoritos ao epígrafe europeu. Chã remomerar que Luis Enrique e companhia estão na semifinal do certame e enfrentam o Borussia Dortmund. O campeão do confronto pega quem cruzar entre Genuíno Madrid e Bayern de Munique na final.

Ainda nunca dá para obter porquê será a bibiografia do Paris Saint-Germain sem Mbappé. Veste é que sua valor é crucial para os parisienses nas últimas temporadas. Sabendo disso, o profissional castelhano tem jogado sem o agressor com frequência, seja colocando-o no banco de reservas, ou substituindo-o no 2º fase. A postura de Luis Enrique inclusive tem incomodado o craque galicismo.

Ao proferir que prevê uma melhora do PSG sem Kylian Mbappé, o treinador reforça sua crédito no jogo coletivo de sua equipe. Mesmo assim, a predisposição é que os parisienses ataquem o mercado em procura de reforços para suprir o fenda no elenco do castelhano que será deixado velo agressor. Uma coisa é certa: Luis Enrique nunca parece estar ralado em desmerecer o planeta galicismo.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *