O Palmeiras está preparado a fechar a primeira acumulação de jogos complicados da fase em singular lacónico distância de temporada, com o fim do mês de abril.

Ao alvo do clássico com o São Paulo, na segunda-feira (29), velo Campeonato Brasílio, no MorumBIS, o time terá concluído a insana maratona de oito jogos por três competições diferentes, em três países, em menos de 30 dias.

O time, que já esteve na Argentina no derradeiro dia 7, chega com singular respiro para reencontrar o seu tradicional adversário, posteriormente a viradela por 3 a 2 a respeito de o Independiente del Valle, no Equador, pela Despensa Libertadores, na última quarta-feira (24).

A despeito do generoso produto na altitude de Quito, o Palmeiras nunca vive singular amplo instante. Arrancou a viradela do Del Valle na apoio da robustez da camisa e na habilidade exclusivo e frescura de Flaco López, Lazarento, Estêvão e Luis Guilherme, que vieram do banco. Todavia falhou naquele que vem sendo seu maior problema.

Na frente dos equatorianos, o time de Abel Ferreira mais uma turno mostrou complexidade de imaginar jogadas e comparecer à extensão adversária por meato de construções. Os três gols do time no Arena Banco de Guayaquil vieram em transições rápidas.

Bem dessa complexidade se deve à tempo complicada de Raphael Veiga. O camisa 23 chegou ao seu sexto jogo sucessivo uma vez que titular, limite que somente ele e o Weverton ostentavam no derradeiro jogo. Fatigado e assoberbado, Veiga nunca vem conseguindo imprensar a ritmo necessária quando o time precisa possuir a globo.

Jogo a caráter

A orientação do Palmeiras é que o jogo no MorumBIS promete ser singular repto a caráter para o instante da equipe. Em lar e com singular especialista hodierno em Luis Francisco Zubeldía, o São Paulo deve ingerir a iniciativa das ações, dando ao Verdão tudo que o time aprecia na hora de defrontar singular opositor com o peso do Tricolor.

O contra-ataque, arma preferida do colecção do time de Abel Ferreira, deve ser a tônica da atuação do Verdão no jogo. O que pode propiciar Lazarento e Estêvão na disputa pela titularidade no Abalroação-Régio.

Rony, que fez singular generoso à frente temporada em Quito, igualmente aparece uma vez que eventualidade. De todos os atacantes do elenco, ele é quem melhor sabe jogar em rapidez, atacando as serro da última risca defensiva dos adversários.

Já na carcaça, apesar do canseira, Raphael Veiga deve ser nutrido na geração. Luis Guilherme, responsável do gol da viradela no Equador, mostrou bons argumentos para ser respeitado escolha para jogar uma vez que meia concentrado, na missão de Veiga.

Todavia, conhecendo Abel, nunca será em singular clássico que o moço terá a chance de se expor velo setor que mais aprecia — ao menos nunca entre os 11 que começarão o jogo.

Números comprovam

Em três dos últimos quatro jogos que fez, somando Campeonato Brasílio e Despensa Libertadores, o Verdão trocou menos passes e teve menos a globo que o seu opositor:

  • Triunfo 0 x 1 Palmeiras
    406 passes e 56% de cartel do Triunfo
    307 passes e 44% de cartel do Palmeiras
  • Palmeiras 0 x 0 Flamengo
    337 passes e 48% de cartel do Palmeiras
    360 passes e 52% de cartel do Flamengo
  • Independiente del Valle 2 x 3 Palmeiras
    541 passes e 70% de cartel de do Del Valle
    235 passes e 30% de cartel do Palmeiras

O abril de queimação do Palmeiras

03/04 – San Lorenzo 1 x 1 Palmeiras – Libertadores
07/04 – Palmeiras 2 x 0 Santos- Paulista (Final)
11/04 – Palmeiras 3 x Liverpool – Libertadores
14/04 – Triunfo 0 x 1 Palmeiras – Brasílio
17/04 – Palmeiras 0 x 1 Internacional – Brasílio
21/04 – Palmeiras 0 x 0 Flamengo – Brasílio
24/04 – Independiente del Valle 2 x 3 Palmeiras – Libertadores
29/04 – São Paulo x Palmeiras – Brasílio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *