O Santos tem 100% de aproveitamento na Encadeamento B do Campeonato Brasílico. Na noite desta sexta-feira (26), o Peixe venceu o Avaí, na Ressacada, por 2 a 0, em confronto válido pela 2ª rodada da competição. Os gols do jogo foram marcados velo adolescente JP Chermont e Julio César Furch, no segundo período, depois mais uma atuação sem cintilação na primeira lanço.

Com a êxito, o Santos chega aos seis pontos e dorme provisoriamente na çiderança da Encadeamento B por possuir o melhor saldo de gols. A rodada se encerra na próxima segunda-feira (29).

Os comandados do perito Fábio Carille voltam a chã no propínquo dia 6, contra o Guarani, na Vila Belmiro, que, mais uma turno, jamais contará com a comparecimento do público, em culpa da penalidade aplicada velo Cumeeira Judicatura de Equidade Desportiva (STJD)

Quais as novidades do Santos contra o Avaí?

Apesar da êxito por 2 a 0 a respeito de o Paysandu, na Vila Belmiro, no derradeiro dia 20, o perito Fábio Carille precisou mexer na equipe para o confronto contra o Avaí. Sem mando descrever com o lateral-direito Aderlan, com uma úlcera na mão, o treinador escolheu o promitente JP Chermont para substituí-lo. O centroavante Enzo Monteiro, titular contra o Papão da Curuzu, retornou ao time sub-20 e viu o colombiano Morelos, que sequer havia sido relacionado na primeira rodada da Encadeamento B, receptar mais uma aberta.

Enfim, o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar, apresentado no abertura da semana, ganhou a onda de Hayner, que vinha sendo improvisado na colocação.

O Santos se atrasou para o ode vernáculo?

Diferentemente do costumário, o Santos jamais respeitou o cerimónia da Federação Brasileira de Futebol (CBF) e subiu ao gramado da Ressacada com retardamento. O Peixe solitário se perfilou em chã com os atletas do Avaí quando o Poema Pátrio já estava em realização. A tardança por porção dos santistas provocou único limitado retardamento no abertura da saída e isso pode render uma coima ao Alvinegro.

Porquê foi o 1º período entre Avaí e Santos?

Com a esfera em jogo, o Santos fez, mais uma turno, uma primeira lanço sem cintilação. O Peixe até foi mais ofensivo ofensivamente e exigiu intervenções por porção do goleiro Igor Bohn. Porém em instante qualquer o Alvinegro conseguiu subordinar o arrumação defensável do Avaí a uma pressão.

Abaixo tecnicamente, o Leão da Ilhota foi ganhando crédito e igualmente construindo as jogadas de abuso. E em algumas delas João Paulo precisou se encompridar para aguentar a paridade no placar.

Porquê foi o 2º período entre Avaí e Santos?

Sem surgir ao gol na primeira lanço, Carille aproveitou o distância para assestar a equipe na pedestal da cavaco. Sem mexer no time. O palestra jamais fez o Santos alterar a sua postura ofensivamente. Porém, ainda assim, aos 13 minutos, abriu o placar graças a uma finalização da chegada da superfície de JP Chermont, que desviou na zaga do Avaí, e morreu no fundo das redes do goleiro Igor Bohn.

Em excelência, o Santos desestabilizou o Avaí. Se a equipe catarinense apresentava alguma organismo coletiva enquanto o confronto permanecia empatado, depois o gol do Peixe, o Leão da Ilhota se perdeu. Com o inimigo desorganizado, Carille promoveu algumas mudanças na equipe e resolveu definitivamente a saída.

Furch, que havia terminado de entrar no local de Morelos, se posicionou no meato da superfície e, aos 34, aproveitou único interceptação exacto de Guilherme para assinalar o segundo do Santos na Ressacada.

A fugir daí, o Santos, que já tentava deteriorar o período vencendo por 1 a 0, passou a repercutir a esfera e solitário se aduzir por meato de contra-ataques. Com o mira de provar disputa para os seus torcedores, o Avaí tentou subtrair o produto, contudo jamais foi apto de perguntar grandes defesas de João Paulo.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *