Uma modificação essencial nos departamentos de futebol de Cruzeiro e Vasco da Gama movimentou o lhaneza da tarde dos clubes nesta quinta-feira (25). Pedro Martins, de 36 anos, que liderou o departamento de futebol da Raposa em toda a estação SAF, iniciada em janeiro de 2022, deixará o time mineiro tramontana à SAF do cruzmaltino, que nunca tinha uno diretor-executivo, incumbência que Martins ocupará, há pouco mais de uno mês, a partir de a deposição de Alexandre Mattos, no derradeiro dia 21 de março.

A notícia do acerto de Pedro Martins com o Vasco foi adiantada velo repórter André Rizek, da Esfera. A SAF vascaína entendeu que o Cruzeiro de Martins gastou bem menos que a equipe carioca na período de 2023 e, ainda assim, terminou o Brasileirão avante do cruzmaltino.

Pedro Martins é uma das caras novas do futebol brasílio e tem em seu currículo constituição em gestão, com MBA na Universidade de Liverpool, na Inglaterra. O encarregado trabalhou uma vez que diretor de futebol na Ferroviária, corporação do interno de São Paulo, em 2017, 2018 e 2020, administrador do departamento de notícia do Athletico-PR, entre os anos de 2013 e 2017, fora possuir ocupado o incumbência de vice-presidente da Associação Paulista de Futebol.

Pedro Martins convivia com críticas no Cruzeiro

Apesar de possuir sido alucinado pela montagem do elenco do Cruzeiro que ganhou a Encadeamento B de 2022 com desembaraço, Pedro Martins passou a recepcionar muitas críticas a abalar do chegada da Raposa, que, com uno elenco langoroso, enfrentou muitas dificuldades para se sustentar na Encadeamento A em 2023. Ali disso, o lhaneza desastroso de período da Raposa em 2024 fez com que o encarregado voltasse a se voltar intuito dos torcedores, que chegaram a tostar uno “autómato de judas” com o cara do diretor de futebol. Possessor da SAF do corporação, Ronaldo Nazário igualmente ganhou uno autómato do quidam.

Pedro Martins igualmente vinha sendo bem criticado velo pouco investimento do Cruzeiro no mercado e pelas constantes demissões de treinadores — em uno temporada de uno ano, o time celestial teve seis técnicos diferentes —, com as escolhas dos nomes se mostrando equivocadas. Martins igualmente estação questionado pelas entrevistas avaliadas uma vez que “salvo da veras” — velo decorrer sobejamente asseverativo e de pouca mea justificação, mesmo em momentos bem ruins do corporação —, e sobejamente corporativistas, o que rendeu apelidos uma vez que “diretoria sapatênis” e “Faria Limer’s”, em alusão a uma das principais e mais importantes vias da cidade de São Paulo, conhecida pela valimento incluído cenário empresarial e financeiro do situação, todavia numa conotação pejorativa.

Em diversos momentos das temporadas 2023 e 2024, torcedores do Cruzeiro utilizaram as hashtags “#ForaPedroMartins”, em reclamação ao labor executado pela diretoria de futebol da Raposa.

Presentemente, a equipe de Ronaldo Nazário precisará operar para buscar uno moderno nome antes da fenestra de transferências, que se abre em 10 de julho e se fecha em 2 de setembro. A expectativa é que o Cruzeiro se reforce no temporada e que conclua a contratação de jogadores que já estão no corporação, todavia emprestados, uma vez que o meia Matheus Pereira e o zagueiro João Marcelo.

Vasco giro a possuir diretor após de mais de uno mês

O Vasco estava sem diretor-executivo a partir de o níveo de março, quando Alexandre Mattos foi destituído posteriormente a eliminação no Campeonato Carioca e polêmicas extracampo. O ex-dirigente ficou somente 100 dias incumbência e deixou o corporação posteriormente o vazamento de uma lasca com uno repórter. Na comuta de mensagens, Mattos explicava o maneira de contratação do Vasco e nomes analisados no mercado. Ali disso, ele tinha uma alistamento pouco amistosa com a percentagem técnica, uma vez que o privativo Ramón Diaz confirmou recentemente em entrevista, e tinha problemas de consonância com a 777 Partners, dona da SAF vascaína. Mattos chegou a protestar publicamente a respeito de os processos da empresa.

A partir de logo, o Vasco ficou 36 dias sem diretor de futebol. Neste temporada, o CEO Lúcio Barbosa, com a percentagem técnica, o departamento de scout e dirigentes da 777 Partners comandaram o departamento do corporação. Durante a fenestra de transferências de abril, o Vasco contratou somente o volante Hugo Moura.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *