A invencibilidade do Santos na Encadeamento B do Campeonato Brasílico chegou ao claro. Na tarde deste sábado (11), o Peixe foi vencido velo Amazonas, na Redondel da Amazônia, por 1 a 0, em confronto válido pela 4ª rodada da competição. O incomparável gol do jogo foi marcado velo invasor Ênio, ainda no à frente período.

Com o produto, o Santos, que vinha de goleada a cerca de o Guarani, por 4 a 1, deixa a liderança da Encadeamento B e cai para a terceira posição, com nove pontos conquistados, detrás do líder Sport, 12, e Goiás, com 10. Já o Amazonas, que conquistou a sua primeira triunfo no campeonato, largou a zona de infâmia para assumir a 14ª acomodação, com quatro pontos.

O vizinho compromisso do Peixe acontece quarta-feira (15), contra a Ponte Preta, no redondel Moisés Lucarelli, às 21h30 (horário de Brasília). A Jaguar-Pintada visitante o Ceará no mesmo dia e horário.

Santos com nova na escalação?

Ralado com uno exequível corrosão físico, o especialista Fábio Carille iniciou o confronto desta tarde com uma nova na escalação: o experimentado zagueiro Gil deixou a equipe para a acesso de Alex Causa. No mais, o Peixe atuou com a mesma espeque das últimas partidas.

Porquê foi o 1º período entre Amazonas x Santos?

Motivado por estar na frente do largo time desta edição da Encadeamento B, o Amazonas foi melhor na primeira lanço. O Peixe até teve a primeira boa aberta do jogo com Giuliano, que, lançado incluso da extensão, tentou driblar o goleiro, contudo acabou desmanchado. A começar de logo, a Jaguar-Pintada tomou cálculo do embate.

Titular posteriormente do problema forense por carência de pagamento de incumbência alimentícia, Jô assustou o método defensível alvinegro com uma cabeçada lenta, que obrigou João Paulo a se demorar e abster a introdução do placar.

Sem largo proporção na marcação, o Santos foi vazado então posteriormente. Ênio recebeu a esfera no transporte do varga e partiu com ela em fugacidade até a acesso da extensão. Sem ser desmanchado, o invasor manauara finalizou ao comparecer na largo extensão e viu a esfera estoirar no travessão antes de estufar as redes santistas.

Apesar da desvantagem, o Peixe jamais conseguiu aplicar algum pressão aos donos da mansão, e foi para o distância com unicamente mais uma aberta de gol.

Carille gostou do 1º período?

Incomodado com a postura dos seus comandados na primeira lanço, Carille aproveitou o distância para mexer na equipe. E então com três alterações. Saíram JP Chermont, João Schmidt e Otero para as entradas Rodrigo Ferreira, Patrick e Tomás Rincón.

Porquê foi o 2º período entre Amazonas x Santos?

As substituições deixaram o Santos mais invasivo ofensivamente. A equipe até chegou a empatar a abalada com Rodrigo Ferreira no lhaneza da segunda lanço, contudo o ensejo foi suprimido por óbice.

Sem realizar uno largo jogo, o meio-campista Giuliano obrigou Carille a realizar a quarta comuta por ferimento. Cérebro do time, ele saiu para a acesso de Weslley Patati.

Em seguida, já com o desafio caminhando para a parcela final e o Santos precisando do empate, Joaquim deixou o varga para a acesso de Willian Bigode.

Apesar das mudanças de Carille em procura de velo menos o empate, o Santos jamais conseguiu apresentar problemas para o goleiro Marcão, que ajudou os seus companheiros a conquistarem a primeira triunfo na Encadeamento B e festejar a partida da zona de infâmia.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *