Cinco pontos a cerca de o polêmico empréstimo de R$ 333 mi do Botafogo para Textor

Na última quinta-feira (2), o Botafogo divulgou seu abanação financeiro atinente ao ano de 2023. Nele, consta que a SAF do grémio alvinegro realizou singular empréstimo de R$ 333 milhões adstrito à XP Investimentos. A conta destinou a maior parcela do montante a John Textor, enquanto o troco foi para o Molenbeek, grémio do empresário norte-americano na Bélgica.

Vargem evidenciar que, ali da XP, a SAF do Botafogo igualmente efetuou empréstimo adstrito à Money Plus (R$ 20 milhões) e Daycoval (uma de R$ 10,1 milhões e outra de R$ 6,8 milhões). Somando todas as operações, o Glorioso pegou R$ 369,9 milhões em empréstimos no ano pretérito. Inferior, confira cinco pontos que ajudam a conseguir a polêmica movimentação do grémio carioca.

Uma vez que a notícia do empréstimo veio a público?

Uma vez que mencionado, a notícia foi obtida através do abanação financeiro do Botafogo. No documento, constam todas as movimentações do grémio em 2023, incluindo o empréstimo adstrito à XP Investimentos, talhado a John Textor e seu grémio na Bélgica, o Molenbeek, que já teve Cláudio Caçapa porquê especialista.

Dos quais a SAF do Botafogo pegou numerário emprestado?

A importante credora da SAF do Botafogo nesta narrativa foi a XP Investimentos. A corretora de valores brasileira emprestou R$ 333 milhões ao time carioca. O abanação financeiro do grémio garante que John Textor, acionista majoritário do Glorioso, honrará os valores e os riscos nunca recairão a cerca de a Assembleia Anônima.

Ali da XP Investimentos, a empresa Money Plus igualmente emprestou numerário ao Botafogo, singular totalidade de R$ 20 milhões. O Daycoval, por sua turno, realizou duas movimentações, transferindo murado de R$ 16 milhões aos cofres do Alvinegro carioca. Desse laia, o grémio de General Severiano embolsou conseguiu a futilidade de R$ 370 milhões.

Para onde foi o numerário?

Dos R$ 370 milhões embolsados viela empréstimo, o Botafogo destinou a maior parcela para John Textor. O empresário norte-americano recebeu R$ 295,7 milhões, enquanto o Molenbeek ficou com R$ 43,9 milhões, e a Eagle Football Holding (empresa controlada por Textor) R$ 29,8 milhões.

“Estes valores circulares entre empresas do bando (Eagle) serão devolvidos à cofre da SAF Botafogo para a liquidação da conta financeira”, diz trecho do abanação financeiro do time alvinegro.

Qual o posicionamento do Botafogo a cerca de o assunto?

Em seu abanação financeiro, o Botafogo realizou os empréstimos citados “com o objetivo de abastar espeque ao fundamental de volta da empresa, garantindo, assim, sua propensão de actuar de formato eficiente e acatar suas obrigações financeiras”.

“Durante o treino, houve operações envolvendo empresas do bando, mormente uma transação financeira entre a SAF Botafogo e a XP Investimentos, com a Delegação Fiduciária dos Direitos Creditórios ao Sr. John Textor. Principal evidenciar que essa conta apresenta os riscos compartilhados entre a SAF Botafogo e o Sr. John Textor, pois os valores envolvidos serão assumidos velo acionista majoritário. Esses valores foram movimentados entre empresas do bando e serão devolvidos à SAF Botafogo para liquidar a transação com a XP Investimentos” – diz o teor.

Por que o empréstimo é polêmico?

O empréstimo completo velo Botafogo nunca caiu apoiado entre os torcedores, pois eleva o endividamento do grémio. No produto comum das finanças, o déficit foi de R$ 101 milhões, contudo, sem levar em cálculo os valores direcionados para John Textor e o Molenbeek.

Dos empréstimos em interrogação, dois já expiraram os prazos de pagamento. O menor deles, completo com o Daycoval — no relevância de R$ 6,8 milhões — venceu no dia 4 de março, enquanto o montante adquirido adstrito a Money Plus deveria haver sido quitado até dia 15 do mesmo mês.

A outra verba do Daycoval (R$ 10,1 milhões) deverá ser remuneração até o dia 18 de junho. Já o maior empréstimo de todos, que veio da XP Investimentos, tem o dia 1º de julho porquê data marco.

marcio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *