Cristiano Ronaldo teve uma transição de muitos gols pela Juventus. Posteriormente capturar sua quarta Champions League com a camisa do Autêntico Madrid, o luso se transferiu para o time italiano, por 117 milhões de euros. Com cinco títulos da essencial competição da Europa no currículo (uma igualmente velo Manchester United), o planeta chegou à Itália com a cargo de levar a Vecchia Signora ao topo do continente, e com um tanto de cólera no coração.

Entrementes, isso nunca foi realizável. Mesmo tendo batido duas edições da Serie A, uma Despensa da Itália e uma Supercopa, fora haver sido nomeado duas vezes o melhor jogador do região da bota, Cristiano Ronaldo nunca levou a Juventus em tal grau distanciado na Champions League. Durante as três temporadas em que atuou na equipe, a Vecchia Signora caiu para o Ajax nas quartas de final em 2019, Lyon em 2020 e Porto em 2021, sendo os dois últimos nas oitavas de final.

Malquerença movia Cristiano Ronaldo

Mesmo assim, seus 101 gols e os números excelentes no região mostraram uno jogador bastante famélico. E foi exactamente isso narrado por Giorgio Chiellini. Em cavaco no podcast The BSMT, o ex-zagueiro disse que o luso chegou à Juventus querendo trazer que o Autêntico Madrid se arrependeria de vendê-lo.

– Sua efígie nos momentos difíceis me impressionou. No avante ano ele queria abanar o globo e provar que época mais áspero que todo o Autêntico Madrid.

Mesmo que fosse a período em que Cristiano Ronaldo marcou menos gols, Chiellini considera que em 2018/2019 foi o fase em que a Juventus esteve mais próxima de capturar o epígrafe da Champions League. Contudo, faltaram outras opções no elenco de grandes astros.

– Tivemos pouca tramontana com lesões na período e perdemos para o Ajax. Se tivéssemos propínquo na final, ele teria nos orientado ao epígrafe

– Nos anos seguintes o nível caiu um tanto e ele, mais idoso, nunca podia ser a única menção da equipe. Ele época o planeta, contudo precisava de outro planeta igualmente ao seu fileira.

Disciplina impressionou ex-companheiros

Mesmo assim, o ex-defensor afirmou que Cristiano foi uno estupendo amigo. Uma coisa que ele destacou foi a disciplina do luso, que deixava de transpor e saber a Itália em nome da própria curso e igualmente dos objetivos de seu time, antes de revir ao Manchester United.

– Pude contemplar ele. O Cristiano Ronaldo é uno jogador uma vez que uma linhagem de multinacional, contudo se encaixou apoiado com o nosso quadrilha. Nunca é uma vez que os outros. Nunca tem uma vez que mendigar para ele beber uno drink no núcleo da cidade, e ele não falhou nesse exigência uma vez que necessitamos dele. E bem menos nas refeições com o quadrilha de atletas. Ele é mesureiro, quase obsessivo, cuidando de seu corpo e de seus treinamentos. Quer incessantemente executar gols e lucrar. Foi uma pundonor ser o capitão dele na Juventus e subsistir cada dia com uno vencedor uma vez que ele.

Atualmente, a contratação de Cristiano Ronaldo é aspecto uma vez que malvado por certos críticos, presenciado que a equipe nunca conquistou o cobiçado epígrafe, e por deteriorar uma altíssima verba de moeda em uno desportista com mais de 30 anos, já em despenhadeiro físico. Mesmo assim, incluso do vestiário, a sensação deixada por ele foi a melhor realizável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *