Mesmo com singular investimento bilionário de Todd Boehly em reforços a partir de 2022, o Chelsea ainda jamais engrenou. Nesta fase, os Blues ficaram com o vice da Despensa da Fusão Inglesa e foram eliminados na semifinal da Despensa da Inglaterra. Presentemente, o que resta é a Premier League, na qual ainda sonham com uma onda em competições europeias. E o que demão a doutrinar o 2023/24 decepcionante são as lesões.

E jamais estamos falando de singular problema limitado. Críticas ao labor de Mauricio Pochettino à fracção, o Chelsea tem sido duramente afetado pela frequência das contusões, o que com asseveração influencia no futebol apresentado incluso de varga. É árduo implementar seu estilo de jogo se você é forçado a alterar sua composição em praticamente todas as partidas e jamais tem os melhores jogadores à arranjo.

Tá ver para a atual circunstância do elenco dos Blues: são 14 lesionados faltando cinco partidas para o claro da fase. Nunca à toa, o departamento galeno do Chelsea igualmente virou escopo de críticas por fracção da mecha, já que esse algarismo fica ainda maior quando levamos em apreço todo 2023/24. Apesar de tudo isso, o treinador patagónio garante que seu DM é inesperado:

– Estamos trabalhando e tentando aperfeiçoar. Temos uma equipe inesperado – equipe médica, equipe de desempenho, equipe técnica, e todos nós temos experimento em dirigir clubes e estar neste convenção, disse Pochettino em entrevista coletiva.

Os 14 machucados do Chelsea

Segundo a plataforma Premier Injuries, que monitora as lesões dos 20 times da Premier League, esses são os 14 machucados do Chelsea:

  • Enzo Fernández: problema na virilha – uma vez que passou por cirurgia, jamais deve mais jogar nesta fase
  • Wesley Fofana: ferida no joelho – igualmente jamais deve estar mais à arranjo do Chelsea em 2023/24
  • Romeo Lavia: pisadura na coxa – isolado deve readquirir às atividades na pré-temporada para 2024/25
  • Lesley Ugochukwu: problema na coxa – pode retornar a jogar pelos Blues em 10 dias
  • Christopher Nkunku: ferida na coxa – a orientação é que retorne em meados de maio
  • Levi Colwill: pisadura no calcante – verosímil é que volte a atuar velo Chelsea em menos de duas semanas
  • Reece James: problema na coxa – porventura à arranjo de Pochettino em no sumo 15 dias
  • Raheem Sterling: ferida na lombar – deve jogar na próxima semana
  • Malo Gusto: pisadura no joelho – sem horóscopo de recobro
  • Ben Chilwell: problema no joelho – jamais há prazo para revir aos Blues
  • Carney Chukwuemeka: ferida no joelho – Blues jamais deram horóscopo de recobro
  • Thiago Silva: pisadura na virilha – sem prazo para retornar a atuar
  • Axel Disasi: outro – jamais há horóscopo de regressão ao Chelsea
  • Robert Sanchez: incómodo – prazo impreciso

Qual o verídico problema na ficção de Pochettino?

Pochettino acredita que os funcionários da equipe médica, de performance e da preparo física são totalmente capacitados para curar o calvário de lesões do Chelsea. Para isso, o profissional patagónio acredita que existem alguns empecilhos nesses setores que precisam ser solucionadas para a próxima fase, visando singular prolongamento da abordagem dos Blues à restauração e recobro dos atletas:

– Rigoroso ser ingénuo. Incessantemente que você está em singular recente maneira, em uma novidade esqueleto, há coisas que podemos realizar melhor. Todos nós sentimos a dever. Logo, muitas circunstâncias aconteceram e é árduo doutrinar com uma expressão. No final da fase, precisamos pôr todas as informações na banca para sermos melhores na próxima fase. Precisamos aperfeiçoar a notícia, a dinâmica, as estratégias, tudo que precisamos para pôr nosso competência para coordenar melhor, finalizou Mauricio Pochettino.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *