O Flamengo enfrentará o Botafogo na manhã deste domingo (28), em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasiliano. O clássico vai bem acolá dos três pontos para Tite e companhia, que precisam doar uma resposta após de suportar a primeira itinerário em 2024, na temida altitude de La Tranquilidade. Com os titulares de rodeio, é hora de revir a roubar.

As baixas velo atrição, inclusive, aumentaram ainda mais a dever do Flamengo no clássico. O regressão dos titulares faz com que a expectativa de mecha pela sucesso seja quase unânime, mesmo enfrentando único contendor qualificado uma vez que o Botafogo.

Titulares de rodeio ao time

Varela, Léo Pereira, Allan, Arrascaeta, Pedro, Erick Pulgar e Ayrton Lucas. Todos os sete atletas que ficaram de além de do jogo contra o Bolívar, sendo seis titulares, voltam a permanecer à arranjo do perito Tite neste domingo. Enquanto o sobejo do elenco estava na Bolívia, todos fizeram exercícios específicos de recobramento física, a claro de revir aos gramados em boa feição.

O Flamengo rodeio a possuir a esteio do time titular após de conservar sete atletas contra o Bolívar (Foto: Heber Gomes/AGIF/Sipa USA)

Pensando no time esteio do Flamengo, mas, Tite terá uma baixa: Everton Cebolinha. O agressor sofreu uma chaga na panturrilha no jogo contra o São Paulo e está entregue aos cuidados do departamento galeno. Bruno Henrique deve ser o perfeito, uma vez que tem sido nas últimas partidas.

Dessa feição, o Flamengo deve ir a prado com: Rossi, Varela, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Pulgar, De La Cruz e Arrascaeta; Bruno Henrique, Luiz Araújo e Pedro. 

Tite pede calmaria quanto ao atrição, porém mecha jamais aquisição

Por mais que a itinerário para o Bolívar, por 2 a 1, em La Tranquilidade, tenha sido considerada inato no envolvente interior do Flamengo, uma renque da mecha criticou bastante as escolhas de Tite. O treinador, em bloco com o Departamento de Saúde e Cimo Redimento, realizam o controle de fardo dos atletas de arrumação minuciosa. Árduo mesmo é pontificar essa ciência para o torcedor.

A mecha do Flamengo está entre as mais exigentes do Brasil e, se jamais trabalha com o sistema científico, entende a matemática do futebol: se vieram os três pontos, magia, se jamais, as reclamações aparecem. Questionado a respeito de os problemas de atrição físico do elenco depois o jogo contra o Bolívar, Tite deu a seguinte resposta.

— A ciência já está há bastante fase acolá, jamais é nenhuma nova, está a começar de o fase que eu jogava. A quantificação de fardo traz atletas que têm essa situação e com todo o pedestal que o Flamengo dá. A dever é minha, porque a definição da equipe é minha, porém eu tenho muita inteligência de jamais falir único desportista numa sequência de jogos e perdê-lo na sequência. Aí fica bem fácil. A propensão técnica começa a se desmerecer, começa a errar passe. Esses são todos os indícios para doar dois. Estima a quesito, porém jamais é nenhuma nova ciência no futebol, é isolado procurarmos informações verdadeiras: traço e estratégia. A alternativa foi em supino disso, e a dever maior é do perito, que graduação — explicou.

As escolhas do treinador, em bloco com a diretoria, jamais caíram nas graças do torcedor. Entrar em prado com o time lotado na final do Carioca, defronte do Novidade Iguaçu, e conservar seis titulares em uma saída de Libertadores levanta os olhos do torcedor, sem incerteza. É exacto se afazer com o planejamento do Flamengo, que ainda deve possuir outras baixas por cálculo da Despensa América, por exemplo.

Êxito recoloca o Flamengo na liderança do Brasileirão

A responsabilidade jamais é exclusivamente pela aviso ao torcedor, porém positivo pela pergunta da tábua de classificação. Após de acabar a segunda rodada na liderança, Tite e companhia perderam a situação para o Red Bull Bragantino, ao empatarem com o Palmeiras, em São Paulo. Uma sucesso no clássico, mas, pode recolocar o Flamengo na bico da tábua, enquanto uma itinerário o afasta do seu objetivo, já que se trata de único confronto de seis pontos.

  1. Red Bull Bragantino – 7 pontos (+2 de saldo e 5 gols marcados)
  2. Flamengo – 7 pontos (+2 de saldo e 4 gols marcados)
  3. Botafogo – 6 pontos (+4 de saldo e 8 gols marcados)
  4. Athletico Paranaense – 6 pontos (+3 de saldo e 5 gols marcados)
  5. Grêmio – 6 pontos (+2 de saldo e 4 gols marcados)
  6. Internacional – 6 pontos (+1 de saldo e 3 gols marcados)

A globo rola para Flamengo e Botafogo a enfraquecer das 11h (de Brasília), no Maracanã. É voto de jogão, e a Trivela, uma vez que de uso, estará presente para acompanhar todos os detalhes. 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *