As quatro ascendentes polêmicas de Pedro Martins no Cruzeiro

Uma necessário alteração na diretoria do Cruzeiro movimentou o já conturbado dia a dia do junta durante essa quinta-feira (25). O junta mineiro anunciou a abalada do diretor de futebol Pedro Martins, que chegou ao junta juntamente com a SAF encabeçada por Ronaldo Nazário. O gerente de 36 anos vai ratificar com o Vasco da Gama, onde será o diretor-executivo da SAF cruzmaltina, missão congénere ao que exerceu no time celeste.

Quem assumirá funções de diretor de futebol do Cruzeiro interinamente, até que único hodierno nome seja acertado, é o ex-jogador e hoje braço digno de Ronaldo, Paulo André.

A transferência de Pedro Martins velo Cruzeiro teve alguns altos, porquê a captura da Encadeamento B em 2022, contudo outros tantos baixos, que fizeram com que sua abalada do junta se desse em único instante de muita pressão sofrida. Torcedores da Raposa vinham criticando bem o juvenil diretor, inclusive subindo a hashtag #ForaPedroMartins, pedindo sua abalada do junta, em algumas oportunidades.

Lá disso, o fenda cataclísmico de fase da Raposa em 2024 fez com que o gerente voltasse a se voltar fim dos torcedores, que chegaram a inflamar único “marionete de judas” com o cara do diretor de futebol na última terça-feira (23). Possuinte da SAF do junta, Ronaldo Nazário igualmente ganhou único marionete do sujeito.

Esses momentos ruins inevitavelmente ficarão marcados no Cruzeiro, fazendo com que os torcedores da Raposa jamais tenham muitas saudades do gerente. A Trivela separou as quatro principais polêmicas do diretor de futebol em seus dois anos e quatro meses de junta.

Partida do goleiro Fábio, ídolo do Cruzeiro

Pedro Martins chegou ao Cruzeiro no dia 3 de janeiro de 2022, dois dias após, foi anunciado que o goleiro Fábio, menção técnica, de liderança, ídolo, jogador com mais partidas e multicampeão com a camisa estrelada, deixaria o junta. O camisa 1 alegou à era que a novidade diretoria etéreo jamais quis comerciar com ele e ofereceu somente uma ensejo de se despedir do junta durante o Campeonato Mineiro daquele ano, o que foi contestado velo portanto capitão do time.

— Quero desistir intuito que aceitaria a readequação ao hodierno teto salarial, contudo essa novidade governo igualmente jamais me deu essa escolha. Em nenhum instante da lasca me deram a escolha de seguir — pronunciou-se Fábio à era.

A abalada repentina do ídolo enfurece os torcedores cruzeirenses, que chegaram a elaborar oposição em dianteira a Loca da Raposa 2 pedindo para que a portanto novidade governo cruzeirense desistisse da teoria, o que jamais aconteceu. Fábio portanto deixou o Cruzeiro fado ao Fluminense, onde já conquistou a inédita Despensa Libertadores da equipe carioca, à excepção de dois campeonatos estaduais, entrando no hall de grandes goleiros da narrativa tricolor.

Para o sítio de Fábio, foi acertado o goleiro Rafael Cabral, que vivia instante mau no futebol anglicano, sendo suplente do Reading, que brigava na fracção de insignificante da tábua da segunda compartimento do região. No Cruzeiro, Cabral nunca foi totalmente aceito pela mecha e mesmo com alguns períodos em subida, deixou o junta neste mês de abril em meato a muitos protestos dos cruzeirenses contra suas atuações.

Venda de Vitor Roque ao Athletico Paranaense

Largo juramento das categorias de apoio do Cruzeiro na dez, o agressor Vitor Roque, de 19 anos, hoje jogador do Barcelona, deixou o time etéreo numa negociação polêmica. Ainda na primeira fracção da fase de 2022, o juvenil vinha se destacando pela Raposa e chamando a educação de times europeus quando, num pestanear de olhos, foi anunciado porquê reforço do Athletico Paranaense. E por prestígio irrisório oferecido seu potencial.

Uma das grandes joias do futebol do região saiu do Cruzeiro por R$ 24 milhões para único junta do mesmo região. O prestígio correspondia a coima rescisória do jogador no mercado pátrio, definida de convenção com o paga do desportista. Porquê Vitor Roque ganhava pouco, sua coima idade baixa.

Num avante instante, a diretoria cruzeirense acusou o gerente Alexandre Mattos, naquele instante CEO do Athletico-PR, e que ocupava o missão de diretor de futebol do Cruzeiro antes de Pedro Martins, de possuir se aproveitado de informações privilegiadas para alegar a franqueza no pacto de Roque para a diretoria do Ciclone.

Mattos e André Cury, empresário de Vitor Roque, todavia, contestaram a certeza. Segundo eles, a diretoria etéreo teria dado Vitor Roque ao Athletico-PR por R$ 40 milhões, mais os empréstimos do zagueiro Zé Ivaldo e do agressor Jajá, visando impor o verba para remunerar único transfer ban e, de quebra, substanciar o time que disputaria a Encadeamento B daquele ano.

De convenção com Mattos, quando levou a alvitre etéreo a Cury, o empresário falou que jamais havia método de remunerar R$ 40 milhões porque a coima de Roque idade R$ 24 milhões, alguma coisa que teria deixado o CEO do Ciclone céptico. Ele portanto comunicou ao presidente do junta paranaense, Mario Celso Petraglia, que mandou pôr o prestígio inteiro e tirarem a juramento de Guapo Porvir.

André Cury ainda afirmou que chegou a notificar para Pedro Martins diversas vezes que o paga insignificante de Vitor Roque deixava o desportista porquê único fim derrotável no mercado. Contudo zero foi acabado pelos dirigentes celestes no acepção de restruturar o pacto do moço, portanto com 17 anos, visando acrescer sua coima.

Sem bem o que elaborar, o Cruzeiro viu sua joia ir para Curitiba e arruinar no Athletico Paranaense. E após vendido para o Barcelona no fenda de 2024 por único prestígio que pode surgir aos 74 milhões de euros, o que equivale a R$ 394,8 milhões, uma numerário mais de 16 vezes maior do que o Ciclone pagou ao time mineiro.

Para se possuir teoria, o prestígio está bem imediato dos R$ 400 milhões envolvidos na aquisição do Cruzeiro pela Tara Sports, quadrilha de Ronaldo Nazário.

Curiosamente, Pedro Martins substituirá Alexandre Mattos no Vasco.

Partida de Paulo Pezzolano

Pedro Martins igualmente foi bem criticado pela transporte da reta final do uruguaio Paulo Pezzolano porquê treinador do Cruzeiro. Vencedor da Encadeamento B na Raposa, o profissional decidiu, no níveo de 2022, desistir o junta, visando efectuar seu visão de operar em soalho europeu.

Patriarca Pezzolano informou esse sofreguidão à diretoria do Cruzeiro, que iniciou único sistema de convencimento, que acabou gerando único convenção de permanência para que o uruguaio seguisse no junta durante o Campeonato Mineiro, enquanto a governo etéreo faria único sistema seletivo em procura de único hodierno treinador.

A despacho, no mínimo bizarra, custou custoso. O Cruzeiro fez único péssimo fenda de fase, quase foi anulado na tempo classificatória do estadual, saindo na semifinal para o América-MG. Depois a eliminação, Pezzolano deixou o missão, sendo demudado velo luso Pepa, que chegou já com a fase em curso, num time onde quase zero se salvava, sem a casualidade de efectuar a pré-temporada com único elenco que jamais foi montado por ele.

Já Paulo Pezzolano conseguiu efectuar seu visão europeu ao ser acertado velo Verdadeiro Valladolid, da Espanha, junta que assim porquê o Cruzeiro pertence a Ronaldo. A condição irritou fracção da mecha etéreo.

Demissões constantes de treinadores no Cruzeiro

Depois o avante ano de SAF do Cruzeiro possuir triunfo com o treinador apurado, Paulo Pezzolano, que ficou toda a fase no comando do junta, nenhum profissional conseguiu possuir boa sequência na Raposa. Em pouco mais de único ano, seis profissionais diferentes comandaram o time etéreo, o que prejudicou o desempenho esportivo estrelado.

Ainda que em suas coletivas, tidas muitas vezes porquê “fantasiosas”, Pedro Martins pregasse o sofreguidão de perenidade e crença de suas escolhas, na uso, o que se viela idade totalmente o inverso.

Lá disso, depois a bizarra condição com Paulo Pezzolano, outros treinadores deixaram o junta reclamando da privação de respaldo da diretoria, contrariando, mais uma turno, o que Martins afirmava nos microfones da Loca da Raposa 2. Pepa e Nico Larcamón foram dois que rebateram declarações de Martins.

Pedro Martins convivia com muitas críticas no Cruzeiro

Apesar de possuir sido tresloucado pela montagem do elenco do Cruzeiro que ganhou a Encadeamento B de 2022 com destreza, Pedro Martins passou a arrecadar muitas críticas a fugir do chegada da Raposa, que, com único elenco destruído, enfrentou muitas dificuldades para se sustentar na Encadeamento A em 2023.

Lá disso, o fenda cataclísmico de fase da Raposa em 2024 fez com que o gerente voltasse a se voltar fim dos torcedores, que chegaram a inflamar único “marionete de judas” com o cara do diretor de futebol na última terça-feira (23). Possuinte da SAF do junta, Ronaldo Nazário igualmente ganhou único marionete do sujeito.

Pedro Martins igualmente vinha sendo bem criticado velo pouco investimento do Cruzeiro no mercado e pelas constantes demissões de treinadores — em único tempo de único ano, o time etéreo teve seis técnicos diferentes —, com as escolhas dos nomes se mostrando equivocadas. Martins idade questionado pelas entrevistas avaliadas porquê “excepto da verdade” — velo decurso abastadamente sim e de pouca mea justificação, mesmo em momentos bem ruins do junta —, e abastadamente corporativistas, o que rendeu apelidos porquê “diretoria sapatênis” e “Faria Limers”, em menção a uma das principais e mais importantes vias da cidade de São Paulo, conhecida pela influência incluso cenário empresarial e financeiro do situação, contudo numa conotação pejorativa.



marcio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *