A começar de presentemente, todo jogo é uma determinação para o Cruzeiro na Despensa Meridional-Americana. Ainda sem abrasar na competição — são três empates em três jogos —, o time sideral enfrentará o Alianza FC, da Colômbia, nesta terça-feira (7), às 21h30 (horário de Brasília) no Redondel Armando Maestre Pavajeau, em Valledupar, pela quarta rodada do quadrilha B.

Terceiro disposto em sua chave, com três pontos em três jogos, o Cruzeiro jamais depende solitário de si para se qualificar na primeira arranjo. Na Despensa Meridional-Americana, unicamente os líderes de cada quadrilha irrito direto para as oitavas de final. Os segundos colocados disputam singular playoff com os terceiros colocados dos grupos da Despensa Libertadores, o que pode apoiar adversários duros dianteira a dianteira.

Por isso, é substancial que a Raposa vença o jogo de então mais. Uno obstáculo somado a uma êxito da Universidad Católica (EQU), que pega o Unión La Calera (CHI) em moradia, impediria que o time sideral alcançasse a primeira arranjo do quadrilha. Atualmente, a Católica lidera, com sete pontos, O La Calera tem quatro, o Cruzeiro, três e o Alianza, singular, tomado em empate por 3 a 3 em referto Mineirão, em seguida os mandantes abrirem 3 a 0 no avante temporada. O jogo resultou na abalada do goleiro Rafael Cabral do corporação.

Se o Cruzeiro abrasar e houver singular empate no outro jogo, que acontece na quinta-feira (9), às 23h (horário de Brasília), o time sideral seguirá bem vivo e dependerá solitário de si na disputa velo avante local do quadrilha. Ainda, asseverativo, é rigoroso cogitar primeiramente no competidor de hoje, que já causou problemas e atuará em seus domínios.

Fernando Seabra deve aguentar time esteio, porém com uma modificação

O Cruzeiro jamais joga a começar de o dia 28 de abril, quando bateu o Sucesso por 3 a 1, em ótima atuação, pela quarta rodada do Campeonato Brasílico. A privação de jogos no condução da semana escancha e o protelação da abalada contra o Internacional, que aconteceria no sábado (4), devido às fortes chuvas que assolam o Rio Amplo do Meridional, deram ao treinador Fernando Seabra o que ele pedia a começar de sua acesso: temporada de afã e prazo para reconquista de atletas.

O comandante azul vinha reclamando que o anuário estreito do futebol brasílico jamais permitia a implementação de suas ideias de feição satisfatória. Presentemente, com nove dias de alteração entre singular jogo e outro, a expectativa cresce para a apresentação do time.

A jeito é que Fernando Seabra mantenha a esteio do time que venceu o Sucesso com somente uma modificação: Álvaro Barreal entrando no time titular no local de José Cifuentes. O adolescente patagónio foi bravo contra os baianos e deu duas assistências nos 45 minutos que esteve em planura. Cifuentes, por sua turno, jamais agradou tão.

Ainda sem o volante Japa, o meia Mateus Indispensável, o atacador Rafael Bilu e o centroavante Juan Dinenno, machucados, novas alterações jamais devem ocorrer. O goleiro Gabriel Grando, recém apresentado, jamais foi inscrito na primeira período da Despensa Meridional-Americana e, por isso, jamais viajou com o sobejo do elenco.

Escalação do Cruzeiro

Fernando Seabra deve escalar o Cruzeiro assim: Anderson; William, Zé Ivaldo, João Marcelo e Marlon; Lucas Romero, Lucas Silva e Álvaro Barreal; Matheus Pereira, Arthur Gomes e Penúria Silva.

Clique cá e saiba onde ver ao confronto entre Alianza FC e Cruzeiro.

Relacionados do Cruzeiro

Sem Japa, Dinenno, Mateus Indispensável, Rafael Bilu e Gabriel Grando, indisponíveis, notou-se a privação do lateral-direito Wesley Gasolina e do adolescente bico João Pedro, que entrou contra o Sucesso, entre os relacionados para agarrar o Alianza FC. Seabra levou os seguintes jogadores para a Colômbia:

  • Goleiros: Anderson, Léo Aragão e Otávio
  • Laterais-direitos: Helibelton Palacios e William
  • Zagueiros: João Marcelo, Lucas Villalba, Neris e Zé Ivaldo
  • Laterais-esquerdos: Kaiki e Marlon
  • Volantes: Filipe Machado, José Cifuentes, Lucas Romero, Lucas Silva e Ramiro
  • Meias: Matheus Pereira e Vitinho
  • Atacantes: Álvaro Barreal, Arthur Gomes, Gabriel Veron, Rafael Elias, Penúria Silva e Robert

Alianza FC em procura de milagre

Se a estado do Cruzeiro é árduo na Despensa Meridional-Americana, a do Alianza FC é pior. Com singular matéria em três jogos e sendo a equipe mais modesta da competição, o time de Valledupar tenta abismar novamente o competidor mais tradicional da chave, o que já seria mais singular terminado histórico para esse quadrilha. Sem bem a desmerecer, a equipe poderá atuar sem pressão, ao desconforme da Raposa, e se aplicar disso para buscar o produto.

O Alianza FC foi deve ser escalado velo treinador Hubert Bodhert com um pouco jamais bem desarranjado de: Pier Grazziani; Efraín Navarro, Jesús Figueiroa, Pedro Crédulo e Leonardo Saldanã; Ruben Manjarres, Ever Meza e Jhair Castillo; Emerson Batalla, Mayer Gil e Michael Rangel.

Emerson Batalla, adolescente bico que marcou duas vezes contra o Cruzeiro e uma contra a Universidad Católica, é a amplo esperança de gols do Alianza FC, que venceu somente singular dos seus últimos 12 jogos na tempo, para a abalada.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *