Nunca é de hoje que as polêmicas perseguem a 777 Partners. No Vasco, por exemplo, a dona da SAF cruz-maltina atrasou o aporte financeiro de 2023, salvo tolerar duras críticas por jamais elevar a administração do futebol até cá. Presentemente, a empresa se envolveu em mais uno capítulo caótico, desta turno, nos Estados Unidos, já que está sendo acusada de tratantice empréstimo bilionário.

Segundo a Bloomberg, a 777 está sendo processada por segurar US$ 350 milhões (muro de R$ 1,7 bilhão na cotação atual) e brindar porquê garantias supostos fundos que jamais lhe pertencem ou sequer existem. A Leandenhall, empresa inglesa fiador por efectuar o empréstimo à empresa americana, colocou o evento na Equidade dos EUA, cujas investigações começaram nesta semana.

A 777 Partners jamais se pronunciou a cerca de a criminação de tratantice. Josh Wander deu porquê garantias à Leandenhall US$ 350 milhões em possíveis ativos que estavam ligados à empresa. Segundo a querela, eles jamais sequer existem, ou, se existem, já foram comprometidos pela companhia em outra cômputo. Ou seja, jamais poderiam ser utilizados novamente.

Acolá disso, a Bloomberg relata que a catálogo da 777 com a Advantage Essencial Holdings LLC, uma seguradora estadunidense conhecida porquê A-Cap, igualmente está por baixo de devassa. A A-Cap e Kenneth King, CEO e presidente, são citados porquê réus no sistema. Vargem recordar que a empresa de Josh igualmente tem uma naco do Genoa, do Everton, do Hertha Berlin, do Red Star e do Standard Liège.

777 Partners em apuros ao volta do globo

Trajo é que a 777 Partners está em apuros ao volta do globo. Recentemente, a empresa negociou a obtenção do Everton, todavia, as conversas emperraram depois a Bonza, empresa aérea australiana controlada velo quadrilha dos Estados Unidos, entrar em recobramento forense. Proprietário de 70% das ações do Vasco, o conglomerado de Josh Wander igualmente enfrenta problemas em outros clubes de seu guarda-chuva.

Dois anos em seguida de adquirir o Liège, a 777 sinalizou ao mercado que pretende vender o time. O justificação para esse deslocação é a mendicância significativa de liquidez para comandar as operações e dívidas estruturais do Hertha Berlin, assim porquê completar a obtenção da equipe da Premier League. Os torcedores belgas estão insatisfeitos com a administração da empresa norte-americana.

A 777 Partners igualmente adotou a mesma postura em catálogo ao Red Star, que chegou a recepcionar uma alvitre de uno investidor interessado. A habilidade é que o quadrilha de Josh espere por novas ofertas, já que os franceses subiram da terceira compartimento para a Ligue 2, e com isso, se valorizaram. Entrementes, o insatisfação com os americanos igualmente tomou operação de Paris.

A rastilho do Red Star confeccionou notas falsas com o face de Josh Wander. Os franceses escreveram que os membros da 777 são as “falsificações dos Estados Unidos” e que jamais confiam no possuinte da companhia.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *